Falta de segurança pode fechar unidades de saúde de São Vicente
22/09/2017 - 16h48 em Litoral Paulista

Unidades da Vila Margarida fecharam após crime no local repercutir na internet. Afirmação é do Secretário de Saúde

 

As unidades de saúde localizadas na Vila Margarida, em São Vicente, voltarão a funcionar na segunda-feira (25) e o atendimento será normalizado "caso a situação de segurança se restabeleça no bairro". A afirmação foi feita pelo secretário municipal de Saúde, Marco Antonio da Silva, durante coletiva para abordar o fechamento de três unidades da região nesta sexta-feira (22).

A decisão de fechar as unidades do bairro foi tomada após um motorista de 71 anos ser assaltado por menores armados na Rua Dr. Polydoro de Oliveira Bittencourt. Apesar da ação criminosa ter ocorrido no último dia 11, um vídeo que mostra o grupo rendendo o idoso e roubando o carro da vítima viralizou nas redes sociais e aplicativos de mensagem nesta semana.

De acordo com informações da Administração Municipal, apenas neste ano, balanço mostra que as unidades de saúde da Cidade já foram alvo de 32 furtos, três roubos e quatro tentativas de sequestro a médicos. Esse números seriam a justificativa para o encerramento das atividades. 

"Toda vez que tivermos ameaça de funcionários ou paciente, vamos fechar a unidade. Independente do bairro", garante.

COMENTÁRIOS